Um ano depois...

Fred

Quanta meiguice! Muito bonzinho! Maio/2012
Close up! MArço/2012
Com quatro meses e meio, fazendo sua carinha de dó de sempre!!



Sabe o Marley, aquele labrador amarelo do filme que ficou muito famoso? Nada a ver com o Fred.

Obediente, calmo, ciumento, equilibrado, cuidadoso, organizado, observador, forte e ágil. O Fred é assim: um labrador muito muito diferente da ideia que, no Brasil e Estados Unidos, as pessoas costumam ter da raça.

Para os astrólogos de plantão, um capricorniano típico!

Não é à toa. Eu comprei o filhote de uma criadora esocesa, Romy (dona do Zacks English Labradors) que está no Brasil há 30 anos, e que eu conheço há mais de 15. Seus labradores são o que devem ser, segundo o padrão da raça. Alegres, vivos, inteligentes, mas não histéricos.

Claro que como todo filhote, o Fred é arteiro. E quando eu não estou por perto, apronta das suas -- picar jornal, por exemplo, é uma das preferidas.

Uma coisa muito engraçada é que ele leva tudo -- brinquedo, pedacinho de biscoito, de maçã -- pra cama. é o território dele, ele é ciumento com as coisas, pega tudo e leva pra lá!

Adora o Bob. Brinca de brigar o dia todo com o Bob. Quando estão dormindo, o Bob é seu travesseiro. Quando estão aprontando, o Bob geralmente é quem dá as más ideias.

O Fred tem um temperamento muito fácil de gostar. E a aparência ajuda muito: aquela carinha de dó... ninguém resiste. Seu pelo preto, liso, curto e brilhante esconde bem a sujieira, e é muito fácil de limpar!

Linha do tempo
Recém nascido, na mão da criadora, Cida Nogare (Canil Calaari)
Com 15 dias. Os olhinhos abriram!



Com 40 dias, no meu ombro







Com dois meses, no meu colo :)







Dois meses., no quintal


































Com dois meses e meio, dormindo na sala


Com 80 dias, espiando pela janela da sala





















Um comentário:

Alice Almeida disse...

To impressionada com a semelhança entre o comportamento dos seus bebes, com os meus, o Theo e o Luiggi tem 2 anos, são labradores, chocolate e preto, e mudaram completamente a minha vida! É um amor que chega a doer, e o mais engraçado é que o Luiggi é idêntico ao seu. To começando a escrever um blog sobre eles tb!